Semana Mundial do Brincar é comemorada por crianças e adultos na Savassi

Espaço criado pelo projeto A Savassi é da Gente dá oportunidade para as crianças brincarem na rua.

 

 

O inicio da Semana Mundial do Brincar foi comemorado nas ruas da Savassi nesse domingo, com muita alegria, crianças e claro: brincadeiras das mais diversas, como aquelas que brincávamos antes do advento dos jogos eletrônicos. De acordo com a Aliança pela Infância, um movimento internacional por uma infância digna e saudável, o tema escolhido para inspirar a programação mundo a fora é “O Brincar que Encanta o Tempo”: um convite ao brincar que encanta o ritmo vital da infância e acompanha a sequencia da vida com imaginação, fantasia e experiências físicas e anímicas.

O brincar é uma das atividades mais comuns da infância. O brincar diverte, educa, valoriza, sociabiliza e influi positivamente no comportamento e na formação das crianças. A essência do Brincar começa na infância, todas as crianças, desde que nascem, brincam naturalmente.

O Dia Internacional do Brincar foi criado na 8ª Conferência Internacional de Ludotecas em Tóquio, no ano de 1999, com o objetivo de estabelecer um dia de atenção total ao outro. Um dia relaxante, divertido, para estimular a interação entre os adultos e as crianças, promovendo assim uma relação e crescimento saudáveis de ambos. Será que isso é possível?

Bem, pelo menos para as crianças levadas pelos pais para curtirem o domingo nas ruas fechadas da Savassi a resposta é sim! Quem chegava no cruzamento das avenidas Cristóvão Colombo com Getúlio Vargas logo percebia um número maior de crianças por ali que aglomeradas, pulavam, gritavam e se divertiam a valer, juntas a um homem adulto, alto, de cabelos grisalhos e grandes, vestido com um chamativo macacão alaranjado.

Trata-se do brincante Léo Ladeira, que do auge dos seus 59 anos de idade emanava muita energia e alegria na condução de uma dezena de brincadeiras diferentes junto à meninada. Formava-se ali o ambiente mais descontraído e mais convidativo para as crianças, cujo número crescia a todo instante.

Dia mundial da Brincadeira 2

O brincante Léo Ladeira animou crianças e adultos, que se divertiram no dia mundial do brincar

O interessante é que muitos pais também entraram na brincadeira com seus filhos e filhas, remontando talvez, deliciosas lembranças de sua própria infância.  Carlos Melo, 40 anos, foi um desses pais. “Primeiro entrei na brincadeira para ajudar minha filha a interagir mas tava tão bom que acabei ficando”, disse. Moradores no bairro Sion, Carlos e sua esposa Ludmila pontuaram a necessidade dos pais sempre brincarem com seus filhos e de haver um espaço público aberto para a família se divertir em Belo Horizonte.

O casal ressaltou ainda a importância das crianças poderem ter acesso a brincadeiras que fujam ao novo padrão mundial de isolamento. “Estamos vendo aqui nessas crianças o resgate do toque humano. E isso me parece muito importante”, disse Ludmila.

Dia mundial da brincadeira

Carlos Melo brincando junto a outras crianças e adultos no meio da avenida Getúlio Vargas  

Léo  não recebeu sequer um centavo por sua dedicação às crianças neste domingo. O trabalho é tão somente voluntário, num exercício pleno de cidadania. Uma virtude pouco encontrada em dias atuais, quando as pessoas são dominadas por um fenômeno em comum: a falta de tempo e o cansaço devido a correria do dia a dia.

 

 

“Nós brincávamos na rua durante a nossa infância e podermos estar com essa meninada aqui no meio da avenida, brincando, é um resgate muito importante do espaço público. Então, assim que soubemos que haviam fechado esse espaço (referindo-se às ruas fechadas aos domingos na Savassi), percebemos que poderíamos ocupá-lo com a qualidade de brincadeiras genuinamente legítimas, fortalecendo a ideia da brincadeira de rua para a criança, que passa pelo brinquedo simples e o toque humano, que estimula a afetividade e o compartilhar, comportamento pouco usual nas crianças de hoje”, explicou o brincante.

Dia mundial do Brincar 3

Toque: elemento simples que estimula as relações e que as crianças utilizam pouco em suas brincadeiras eletrônicas dos dias atuais

Além das brincadeiras infantis, estavam disponíveis brinquedos diversos e jogos para as pessoas que passaram pelas ruas da Savassi nesse domingo 21 de maio, como o totó. Sim. No meio da avenida. Em plena avenida Getúlio Vargas. Totó e mais: Xadrez. “Nunca imaginei que um dia meus filhos fossem experimentar o aprendizado do xadrez na Savassi. em plena Getúlio Vargas, que durante a semana é tão movimentada”, disse o economista Alessandro Lelis,  referindo-se aos filhos Bruno, de 7 e Bernardo de 11 anos de idade. Segundo ele, a família, que mora no bairro Santa Lúcia, tinha o hábito de passear aos domingos na Praça JK e que agora deve dar preferência em vir para a região da Savassi. Também estava montada no meio do cruzamento, uma quadra para os adeptos do Badminton, um esporte muito parecido com o tênis, porém, no lugar de uma bola utiliza-se uma espécie de peteca.

Dia mundial do Brincar 4

Alessandro e os filhos  Bruno, 7 e Bernardo, 11 trocaram a Praça JK pela Praça da Savassi

Be the first to comment on "Semana Mundial do Brincar é comemorada por crianças e adultos na Savassi"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*